Buffer

Matemática divertida? Sim!

Aqui você vai encontrar desafios, curiosidades e problemas que fazem a Matemática Divertida, no espírito de Martin Gardner, Malba Tahan, Sam Loyd, etc.

Nós, físicos usamos a Matemática como uma ferramenta.

Você não pode fazer nada realmente interessente sem uma ferramenta.

Você pode ver muita coisa legal no Havaí. Mas só vai poder curtir ao máximo se souber surfar. A prancha de surf é uma ferramenta. Se você for para o Havaí, talvez valha a pena você investir esforço em aprender um pouquinho de surf.

Da mesma forma, vale a pena investir um pouquinho de esforço em aprender Matemática.

Com isso, a Matemática pode até ficar Divertida!

"E ninguém devia deixar de ser criança, e de ser criança a vida inteira. Com a informação, cada vez mais, em lugar de brincar com os carrinhos de madeira que ele próprio fizesse, brincar, por exemplo, com a Alta Matemática, e achar nisso o mesmo gozo de brincar com carrinhos."
(Agostinho da Silva)

Estudos sobre o pensamento criativo sugerem uma relação entre a capacidade criativa e o humor. Talvez haja uma semelhança entre o prazer da descoberta da solução do problema, o prazer do inesperado de uma anedota e o prazer de um jogo.

Parece haver o mesmo tipo de concentração entre o charadista resolvendo um quebra-cabeça, um cientista a procurar a solução para um problema e uma criança brincando.

Vários desafios deste site parecem difíceis mas têm uma resposta bastante simples. E, quando se descobre a resposta, quando se tem o lampejo de intuição a que os especialistas chamam de um discernimento aha! (aha-erlebnis), ele geralmente vem acompanhado de riso, tal como quando se compreende o desfecho de uma anedota.

O Homem que CalculavaDescobri o prazer da Matemática aos onze anos, com o delicioso livro O Homem que Calculava de Malba Tahan, pseudónimo do matemático brasileiro Júlio César de Mello e Souza. Já perdi a conta das vezes que li este livro, que já vai para mais de quarenta edições na editora brasileira Record e várias em inglês, espanhol e alemão. Só lamento que seus restantes cento e tantos livros, ao que parece igualmente tão bons, nunca mais tenham sido reeditados...

Na secundária, um professor, Alcides Scalet, impressionou-me por ser capaz de abordar quebra-cabeças com papel, lápis e raciocínio matemático. Para ele, teoremas eram um tipo de quebra-cabeças.

Já na faculdade descobri a Matemática Divertida de Martin Gardner e sua coluna na revista Scientific American. Muitas horas passei escondido nos arquivos da biblioteca a deliciar-me com seus quebra-cabeças e desafios.

livro O Analfabetismo em Matemática e Suas ConsequênciasAs trágicas consequências para a nossa sociedade dessa repulsa generalizada pela Matemática são bem descritas por John Allen Paulos em seu interessantíssimo livro inumerismo: O Analfabetismo em Matemática e Suas Consequências.

Foi, portanto, com prazer que, em 1994, aceitei o convite do Instituto Piaget para ministrar aulas de recuperação em Matemática para alunos do curso de Professores do 2º Ciclo Matemática e Ciências.

Acreditei que era minha oportunidade de tentar passar a esses futuros professores de Matemática algum do fascínio que esses mestres me passaram. Minha proposta era fazê-los ver que Matemática não é apenas fórmulas a serem decoradas. Para isso, desafiei-os durante seis meses a resolver estes problemas, os quais se resolvem mais facilmente com raciocínio que com álgebra ou fórmulas, na boa tradição de Martin Gardner. Vários deles são mesmo extraídos de alguns livros de sua vastíssima obra.

Já há muitos livros de problemas e quebra-cabeças matemáticos. Infelizmente, em português são bem poucos. Há poucas traduções do Martin Gardner e várias das edições da Gradiva já estão esgotadas há anos. Eis aqui uma bibliografia, obviamente não exaustiva.

site Matemática DivertidaEm 7 de junho de 1999 construí meu primeiro site, adivinhe, sobre Matemática Divertida.
Veja aqui nos arquivos da Internet a última versão do site Matemática Divertida que esteve no ar.
Nesse site, havia um fórum de discussão bastante ativo sobre Matemática Divertida. Veja neste artigo, publicado na REVEMAT, Revista Eletrônica de Educação Matemática, uma discussão sobre a comunidade virtual que se formou ali.
artigo 'Matemática Divertida Almanaque Bertrand'A Matemática Recreativa e o Centenário do Almanaque Bertrand.
A delícia dos problemas do Almanach Bertrand e uma homenagem ao seu centenário em 2000, o Ano Internacional da Matemática, pelo seu contributo na divulgação da Matemática como interessante e lúdica.
Curiosidades Tornam a Matemática Divertida.
Este artigo foca a importância do lúdico como recurso pedagógico e a contribuição das curiosidades matemáticas para a mudança da generalizada visão da Matemática como enfadonha e desinteressante.
Os Caçadores de Primos de Mersenne
Lembra-se dos números primos? Parece que no dia 23 de agosto passado foi encontrado um novo número primo gigantesco, com mais de dez milhões de dígitos! E nas horas vagas do computador do descobridor!
Problemas Matemáticos
Vários problemas deste site parecem difíceis mas têm uma resposta bastante simples. E, quando se descobre a resposta, ri-se.
Humor Matemático
Piadas de matemáticos. Talvez haja uma semelhança entre o prazer do inesperado de uma piada e o da descoberta da solução do problema.
livros de Malba Tahanlivros de Malba Tahan
Malba Tahan contava a Matemática de um jeito delicioso, misturando-a às lendas orientais.
Interdisciplinar, pioneiro no uso da História no Ensino da Matemática, valorizava o lúdico e o raciocínio.

Entre outras coisas, aqui você vai ver:

  • Curiosidades tornam a Matemática Divertida 
  • A Matemática dos Anos Bissextos
  • A Triste História de Lilavati, filha de Baskhara
  • A Matemática no dia-a-dia
  • Desafios Matemáticos na Sigma Society
  • Simetrias com Poesia no Pão por Deus
  • A Torre de Hanoi
  • Áreas e Volumes
  • Números Cruzados
  • Uma Newsletter a 100%
  • Gauss no Mundial 2002
  • A Divisão Simples, a Divisão Exacta e a Divisão Justa
  • Numerologia e o 11 de Setembro
  • Fractais felizes
  • Curiosidades do número 9
  • A Matemática dos Anos Bissextos
  • Análise Diofantina
  • O Problema dos Quatro Quatros
  • Etnomatemática
Veja também:
Perfil Conceitual de FraçãoSobre a Formação do Conceito de Fração numa Perspectiva Histórico-Crítica do Ponto de Vista Psicogenético Piagetiano.
Este trabalho visa analisar o desenvolvimento histórico-psicogenético do conceito de fração, construir seu perfil conceitual e sugerir formas de tornar seu ensino-aprendizagem mais satisfatório.
artigo 'Frações com Simulações Computacionais'Evolução Conceitual em Frações com o uso de Simulações Computacionais.
Este estudo traz uma relação de algumas concepções alternativas em frações, a descrição de applets (simulações computacionais) que trabalham conceitos fracionários e seu uso para evolução conceitual.
artigo Quando um paradoxo não surpreende...Quando um Paradoxo não Surpreende….
Discuto aqui as reações de meus alunos perante um paradoxo geométrico envolvendo a conservação de área, à luz da teoria de Piaget sobre a construção das noções de conservação de quantidades contínuas.
artigo 'Álgebra com computador'Álgebra com computador.
Estes poderosos auxiliares oferecem uma verdadeira enciclopédia de técnicas de cálculo, aliada a uma velocidade muito superior à do ser humano e praticamente sem possibilidade de cometer erros.

Voltar ao começo desta página

Voltar à página principal de Física Interessante

Link para esta página:

e-books Grátis


View Renato P. dos Santos's profile on LinkedIn

Renato P. dos Santos


Física Interessante no Google+



CSS válido!