Buffer

artigo
Perfil Conceitual de Luz e Visão

artigo Perfil Conceitual de ForçaUma Proposta de Perfil Conceitual para os Conceitos de Luz e Visão. (com Aline Cesar Druzian e Tane Radé) Apresentado no VI ENPEC - Encontro Nacional de Pesquisa em Educação de Ciências, Florianópolis, SC, 28 de novembro a 2 de dezembro de 2007. Bauru, SP : ABRAPEC, 2007

Resumo
O objetivo deste trabalho é determinar categorias de um perfil conceitual dos conceitos de luz e visão para compreender melhor a coexistência dessas concepções alternativas no perfil conceitual com relação aos conceitos de luz e visão durante o processo ensino-aprendizagem, nas diversas etapas do aprendizado, desde a escola fundamental até à formação acadêmica. O perfil conceitual foi construído através de uma Matriz Epistemológica que articula diferentes visões epistemológicas. Foram utilizadas a visão histórico-epistemológica dos conceitos de luz e visão, a visão psicogenética desenvolvimental e as concepções alternativas e científicas de alunos, analisadas em diversos trabalhos de pesquisa na área. A análise desta matriz, mediante um processo de reinterpretação e síntese das diferentes visões epistemológicas e ontológicas deste conceito, nos possibilitou a identificação de zonas representativas para este perfil conceitual.

downloadAdobe file (.pdf)

Referências

  • BUTLAND, Valéria Rodrigues Graça. Um Estudo sobre o uso Pedagógico da História da Ciência no Ensino de Física, 2005.  Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Luterana do Brasil, Canoas, 2005.
  • CANTOR, G.N. Physical Optics. In: Companion to the History of Modern Science. OLBY, R.C. et alli (eds.). London: Routledge, 1996, pp. 627-638. Disponível aqui.
  • DeHOSSON, Cécile & KAMINSKI, Wanda. Historical controversy as an educational tool: Evaluating elements of a teaching-learning sequence conducted with the text ‘Dialogue on the ways that vision operates’. International Journal of Science Education, v. 29, n. 5, abr/2007, pp. 617-642.
  • dos SANTOS, Renato P. Uma Proposta para o Perfil Conceitual do Conceito de Massa na Física. in: Anais do IX EPEF – Encontro de Pesquisa em Ensino de Ciências, Jaboticatubas/MG, SBF, 26 a 29 de Outubro de 2004. São Paulo: Sociedade Brasileira de Física - SBF, 2005. Disponível aqui.  
  • DRIVER, Rosalind. Changing Conceptions. in ADLEY, Philip et. al. Adolescent Development and School Science. London: The Falmer Press, 1989.
  • DRIVER, Rosalind; SQUIRES, A.; RUSHWORTH, P. & WOOD-ROBINSON, V. Dando sentido a la ciencia en secundaria. Investigaciones sobre las ideas de los niños. SEP/Visor, 2000.
  • DRUZIAN, Aline; BRÜCKMANN, Iades A. & SANTOS, Renato P. dos. Construção de um Teste através de um Inventário do Conceito de Energia. in: Atas do V ENPEC - Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências, Bauru/SP, ABRAPEC, 28 de Outubro a 2 de Dezembro de 2005, Bauru: Associação Brasileira de Pesquisa em Ensino de Ciências - ABRAPEC, 2005.
  • ERNOUT, A. & MEILLET, A. Dicionário Etimológico da Língua Latina: História dos Nomes. Paris: Librairie C. Klincksieck, 1951. 
  • FEHER, Elsa & RICE, Karem. Children´s Conceptions of Color. Journal of Research in Science Teaching. v. 29, n. 5, pp. 505-520, 1992.
  • GABBEY, Alan. Newton and Natural Philosophy. In: Companion to the History of Modern Science. OLBY, R.C. et alli (eds.). London: Routledge, 1996, pp. 243-263. Disponível aqui.
  • GUESNÉ, E. Lumière et vision des objets: une example de representations des phénomennes physique, preexistant a L'iensegnement. in: G. DELACOTE (ed.). Physics Teaching in Schools. London : Taylor & Francis, pp.265-273, 1978.
  • GUESNÉ, E. La luz. in DRIVER, Rosalind; GUESNE E. & TIBERGHIEN A. Ideas científicas en la infancia y la adolescencia. Morata: Ministerio de Educación y Ciência, 1985.
  • HIERREZUELO, M. J., & MONTERO, M. A. La ciencia de los alumnos. Su utilización en la didáctica de la Física y la Química. Ed. Laia/Ministerio de Educación y Ciência, 1998.
  • HIRN, C. & VIENNOT, L. Transformation of didactic intentions by des sciences physiques. International Journal of Science Education. v. 22, n. 4, pp. 357-384, 2000.
  • HOUAISS, Antonio; VILLAR, Mauro de S. & FRANCO, Francisco M. de Mello. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. 1ª ed., Rio de janeiro: Editora Objetiva Ltda, 2001.
  • JAMMER, Max. Concepts of Space - The History of Theories in Physics. 3. ed., Nova Iorque: Dover, 1994. Disponível aqui.
  • KAK, Subhash. Greek and Indian Cosmology: Review of Early History. in: The Golden Chain, G.C. Pande (ed.), New Delhi: CSC, 2005, pp. 871-894.
  • LaROSA, C.; MAYER, M.; PATRIZI, P. & VICENTINI-MISSONI, M. Commonsense Knowledge in Optics: preliminary results of an investigation into the properties of light. European Journal of Science Education, v. 6, n. 4, pp. 387-397, 1984.
  • LINDBERG, David C. Theories of Vision from al-Kindi to Kepler. Chicago: The University of Chicago Press, 1981.
  • MACHADO, José P. Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa Vol. 1. Lisboa: Editorial Confluência, L.da, 1952.
  • MONK, Martin. Genetic Epistemological Notes on Recent Research into Children’s Understanding of Light. International Journal of Science Education, v. 13, n. 3, pp. 255-270, 1991.
  • MONK, Martin, & OSBORNE, Jonathan F. Placing the history and philosophy of science on the curriculum: A model for the development of pedagogy. Science Education, v. 81, n. 4, pp. 405-424, 1997.
  • MOREIRA, Marco Antonio & GRECA, Ileana Maria. Cambio Conceptual: Análisis Crítico y  Propuestas a La Luz de la Teoría del Aprendizaje Significativo. Revista Ciências e Educação. Ciência e Educação, v. 9, n. 2, p. 301-315, 2003.
  • MORTIMER, Eduardo Fleury. Conceptual Change or Conceptual Profile Change? Science & Education, vol. 4, n. 3, pp. 265-287, 1995. Disponível aqui.
  • NUSSBAUM, J. Classroom conceptual change: philosophical perspectives. International Journal of Science Education, v. 11, n. 5, p. 530-540, 1989.
  • OSBORNE, Jonathan F. & BLACK, Paul. Young Children’s (7 – 11) Ideas About Light and Their Development. International Journal of Science Education, v. 15, n. 1, jan/1993, pp. 83-93.
  • PIAGET, Jean; GARCIA, Rolando, Psychogenèse et Histoire des Sciences, Paris: Flammarion, 1983, trad. port.: Psicogénese e História das Ciências, Lisboa: Dom Quixote, 1987.
  • QUEIROZ G.; BARBOSA-LIMA M.C.; SANTIAGO R.; VIANA J. C. Luz: Ciência, Arte e Ensino de Física. In: IX EPEF - Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Física, 2004, Jaboticatubas (MG). Atas.... São Paulo: SBF - Sociedade Brasileira de Física, 2004. Disponível aqui.
  • RADÉ, Tane & SANTOS, Renato P. dos. Uma Proposta de Perfil Conceitual para o Conceito de Força. in: Atas do V ENPEC - Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências, Bauru/SP, ABRAPEC, 28 de Outubro a 2 de Dezembro de 2005, Bauru: Associação Brasileira de Pesquisa em Ensino de Ciências - ABRAPEC, 2005. Disponível aqui.
  • RAY, Nathalie. L’Histoire des sciences dans l’enseignement des Sciences de la Vie et de la Terre en collège et lycée. Mémoire professionnel Agrégation de SVTU. IUFM de l’Académie de Paris. 2005. Disponível aqui. Acesso: 5/10/2007
  • SALIERNO, Christina; EDELSON, Daniel & SHERIN, Bruce. The Development of Student Conceptions of the Earth-Sun Relationship in an Inquiry-Based Curriculum. Journal of Geoscience Education, v. 53, n. 4, set/2005, pp. 422-431.
  • SELLEY, N.J. Towards a Phenomenography of light and vision. International Journal of Science Education, v. 18, n.7, pp. 837-846, 1996.
  • TOSSATO, Claudemir Roque. A função do olho humano na óptica do final do século XVI. Scientiæ Studia, São Paulo, v. 3, n. 3, p. 415-41, 2005.

Voltar a Artigos Científicos.


Citar esta página:
dos SANTOS, Renato P. . In Física Interessante. 4 Aug. 2014. Disponível em: <>. Acesso em: .

Voltar ao começo desta página

Voltar à página principal de Física Interessante


e-books Grátis


View Renato P. dos Santos's profile on LinkedIn

Renato P. dos Santos


Física Interessante no Google+



CSS válido!