Buffer

Física Pós-Moderna
Vídeo
A Teia Cósmica

A Simulação Millennium apresentada neste vídeo foi executada em 2005 pelo Virgo Consortium, um grupo internacional de astrofísicos da Alemanha, Reino Unido, Canadá, Japão e Estados Unidos.

Um cubo virtual de 2 bilhões de anos luz de lado foi 'preenchido' com 10 bilhões de 'partículas', cuja evolução foi calculada usando as leis físicas que imagina-se que valham nas cosmologias conhecidas atualmente.

A distribuição inicial da matéria, a qual se assemelhava às condições presentes quando a radiação cósmica de fundo foi emitida (cerca de 379.000 anos após o Universo começar) foi permitida evoluir e a registrou-se a formação de galáxias e buracos negros na simulação.

Após todo o trabalho de computação (28 dias, a uma taxa de 200 bilhões de cálculos por segundo) 20 milhões de galáxias haviam se formado no espaço inicial. 

Cada pontinho amarelo neste vídeo corresponde a uma galáxia inteira. Os halos de cor púrpura representam matéria escura.


Estas galáxias e a matéria escura ao redor delas havia formado estruturas em forma de teia que se assemelham às formas observadas pelos dados mais recentes disponíveis em pesquisas cósmicas, tais como o Sloan Digital Sky Survey

Também muito importante: a simulação forneceu apoio para o nosso 'modelo padrão' atual da cosmologia, o chamado Modelo Lambda de Matéria Escura Fria.


YouTube também é cultura!

Veja mais sobre a Cosmologia na Wikipédia.


Voltar a Física Pós-Moderna.


Voltar a Vídeos e downloads legais.


Citar esta página:
dos SANTOS, Renato P. . In Física Interessante. 10 Jun. 2014. Disponível em: <>. Acesso em: .

Voltar ao começo desta página

Voltar à página principal de Física Interessante


e-books Grátis


View Renato P. dos Santos's profile on LinkedIn

Renato P. dos Santos


Física Interessante no Google+



CSS válido!